Karol Conka defende garotas assediadas por turista em hotel cinco estrelas do Rio de Janeiro

Na última segunda-feira, Karol Conka testemunhou um caso de assédio sexual em um importante hotel do Rio de Janeiro. A cantora estava na área da piscina quando viu um estrangeiro “passar a mão” em duas garotas, segundo palavras da própria em seu Instagram. Karol ainda disse que o homem ofendeu as meninas e mostrou os órgãos genitais para elas.

Em uma segunda postagem, a rapper curitibana afirmou que a segurança do hotel não tomou nenhuma atitude que realmente resolvesse a situação, e então ela própria acabou partindo para cima do turista e acertando um golpe em seu rosto. “Dei na cara dele”, relatou Karol, que foi contida e repreendida pelos seguranças.

Ela finalizou as postagens, que ocorreram no Stories de seu Instagram, dizendo que as pessoas devem reagir quando presenciarem este tipo de situação. “ Não fique ao lado do agressor”, arrematou.

Clipe do brasileiro Yann contra a homofobia terá participação de estrelas internacionais

Engajado na causa LGBT, o cantor brasileiro Yann vai reforços de peso em seu próximo clipe. O vídeo de “Igual” terá as participações mais que especiais de Britney Spears, Céline Dion e Demi Lovato, além de outras personalidades brasileiras e internacionais.

A música é um protesto contra a crescente violência homofóbica no país, e terá o clipe estreando nesta quarta-feira (08). Ela faz parte do EP “Entre o Fim e o Recomeço”, que conta ainda com o single “Love”, que teve participação de Mariana Ximenes no vídeo oficial.