Critica: “Vai Malandra” é a jogada mais fraca do CheckMate de Anitta

É claro que o fandom de Anitta pode não gostar deste texto, e é óbvio que os números no YouTube vão na contramão do que vou dizer, mas o tão aguardado “Vai Malandra” ficou abaixo do esperado. Com teaser muito visualizado, fotos (algumas vazadas) e divulgação pesada, o single com clipe gravado no Vidigal reaproximou a cantora do ritmo que a projetou, mas a distanciou da pegada que estava alavancando sua popularidade.

Justamente esta popularidade é o que a permite extravasar neste momento, e acaba gerando um efeito “Toque de Midas”. Pelo menos é o que apontam os números: mais de nove milhões de visualizações do clipe em menos de 12 horas. Aqueles mais severos diriam que estes números estão ligados diretamente à “abundância”, como diria Compadre Washington. Musicalmente, é só mais um daqueles funks que vão tocar em carros rebaixados, na frente de postos de combustíveis, em aparelhos de som mal equalizados.

É hipérbole, eu sei, mas apenas pelo “Toque de Midas”. Não fosse isso, o cenário seria exatamente este. Por ser de Anitta, o single pode acabar virando hit. Talvez não seja a intenção dela, seja apenas uma música feita para se divertir depois de uma estressante rotina em uma busca – bem sucedida – por reconhecimento internacional.

O clipe, em si, merece um destaque positivo por fugir do “padrão KondZilla”, que coloca garotos em grandes mansões e com carros que dificilmente estarão na garagem deles. Anitta vai por outro lado, é a bem sucedida que filmou na comunidade, e mostra o chamado baile de favela como ele é realmente, sem ostentação e com “gente de verdade”. Apenas o take em 0:44 ficou um pouco bizarro, parecendo que o rosto de Anitta foi grosseiramente aplicado após filmagens com uma dublê de corpo – o que não aconteceu, vale salientar.

Quem provavelmente vai aproveitar a exposição é MC Zaac, principal parceiro na música, que ainda conta com a participação de Maejor, Tropkillaz e DJ Yuri Martins. Zaac despontou nacionalmente com “Vai Embrazando”, que inclusive é musicalmente mais bem acabada que o recém lançado trabalho com Anitta.

 

Por Wyllian Soppa

 

Confira o clipe de “Vai Malandra”, de Anitta:

Mesmo com apenas dois meses de disco novo à venda, Niall Horan já começa a imaginar segundo álbum

O primeiro trabalho de Niall Horan fora do One Direction ainda tem “cheiro de novo”, tendo sido lançado em outubro. Porém, isso não impede que o cantor já pense e planeje seu segundo disco solo. Em entrevista ao jornal “Daily Star”, Niall afirmou que vai começar a compor os novos trabalhos em 2018, durante sua turnê.

Segundo ele, as ideias vão aparecendo “durante as passagens de som e coisas desse tipo”. A coletânea dessas ideias pode, quem sabe, render um segundo disco já no ano que vem. Quem sabe, até tenha alguma música composta em nosso país, já que Niall Horan se apresenta no Rio de Janeiro e em São Paulo durante a turnê, que terá Julia Michaels fazendo os shows de abertura.

Karol Conka defende garotas assediadas por turista em hotel cinco estrelas do Rio de Janeiro

Na última segunda-feira, Karol Conka testemunhou um caso de assédio sexual em um importante hotel do Rio de Janeiro. A cantora estava na área da piscina quando viu um estrangeiro “passar a mão” em duas garotas, segundo palavras da própria em seu Instagram. Karol ainda disse que o homem ofendeu as meninas e mostrou os órgãos genitais para elas.

Em uma segunda postagem, a rapper curitibana afirmou que a segurança do hotel não tomou nenhuma atitude que realmente resolvesse a situação, e então ela própria acabou partindo para cima do turista e acertando um golpe em seu rosto. “Dei na cara dele”, relatou Karol, que foi contida e repreendida pelos seguranças.

Ela finalizou as postagens, que ocorreram no Stories de seu Instagram, dizendo que as pessoas devem reagir quando presenciarem este tipo de situação. “ Não fique ao lado do agressor”, arrematou.

Anitta volta às raízes do funk e da comunidade em clipe do novo single “Vai Malandra”

Foi divulgada terça-feira a arte da capa de “Vai Malandra”, novo single de Anitta, que também faz parte do projeto “CheckMate”. A música deve ser lançada ainda este mês, e fecha este ciclo de trabalho da cantora. Pelas imagens já divulgadas (algumas vazadas), percebe-se que o clipe será ousado e sensual.

Na arte divulgada, Anitta aparece em trajes de banho, posando com a comunidade do Vidigal como plano de fundo. O novo single, com clipe gravado no local, conta com a participação de Mc Zaac, Maejor, DJ Yuri Martins e Tropkillaz.

Fardada, Madonna sobe o favela no RJ em dia de confronto entre traficantes e policiais

Enquanto Matthew McConaughey “virou manchete” ao comer uma maçã na sacada de um hotel no Rio de Janeiro, Madonna resolveu subir o Morro da Providência. Escoltada por dois seguranças e sob os cuidados de policiais militares, a rainha do pop repetiu atitude tomada nas outras visitas dela ao Brasil.

O que chamou a atenção, no entanto, foi que na última quarta-feira (25), justamente no dia escolhido por Madonna para a visita, houve intenso tiroteio na favela. A Polícia Militar do Rio de Janeiro confirmou a visita da cantora ao morro, mas afirmou não ter sido avisada do evento.

Madonna foi rapidamente ao Espaço Cultural Casa Amarela, e saiu sem atender os moradores. Fãs da artista se dividiram entre apoio e crítica à atitude, com alguns afirmando que ela não fazia ideia do cenário da região, e que ela estava entrando em “zona de guerra”.