Karol Conka defende garotas assediadas por turista em hotel cinco estrelas do Rio de Janeiro

Na última segunda-feira, Karol Conka testemunhou um caso de assédio sexual em um importante hotel do Rio de Janeiro. A cantora estava na área da piscina quando viu um estrangeiro “passar a mão” em duas garotas, segundo palavras da própria em seu Instagram. Karol ainda disse que o homem ofendeu as meninas e mostrou os órgãos genitais para elas.

Em uma segunda postagem, a rapper curitibana afirmou que a segurança do hotel não tomou nenhuma atitude que realmente resolvesse a situação, e então ela própria acabou partindo para cima do turista e acertando um golpe em seu rosto. “Dei na cara dele”, relatou Karol, que foi contida e repreendida pelos seguranças.

Ela finalizou as postagens, que ocorreram no Stories de seu Instagram, dizendo que as pessoas devem reagir quando presenciarem este tipo de situação. “ Não fique ao lado do agressor”, arrematou.

Naldo Benny é acusado de agredir Mulher Morango, e vai preso por posse ilegal de arma e munição

O cantor e compositor Naldo Benny foi preso em flagrante nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro, por porte ilegal de arma. A prisão aconteceu enquanto policiais da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) averiguavam uma denúncia de agressão feita por sua esposa, Ellen Cardoso, a Mulher Morango.

Na casa do casal foi encontrada uma pistola 7.62 sem registro e munições. Naldo foi encaminhado à delegacia, mas pagou fiança e responderá em liberdade. Sobre a agressão, Ellen afirmou que teria sido atingida com socos, chutes e puxões de cabelo. A funkeira ainda afirmou que as agressões acontecem há sete anos, motivadas por ciúme, e que denunciou porque cansou da situação.

O jornalista Léo Dias, conhecido por participar de programas e escrever colunas sobre fofocas de famosos, afirmou que também já foi agredido por Naldo, devido a algumas notícias que publicou sobre a Mulher Morango. Até o momento a assessoria e a defesa do cantor não se pronunciaram.