Balanço de 2017 é positivo para Kesha, que chegou ao Grammy e a dois topos da Billboard com “Rainbow” e “Woman”

Kesha vai terminar 2017 de bem com a vida. Além de ganhar suas primeiras indicações para o Grammy, pela primeira vez ela pegou topo da parada de álbuns da Billboard com o disco “Rainbow”. De quebra, nesta semana a música “Woman” chegou ao primeiro lugar da lista “Dance Club Songs”, também da Billboard.

A canção foi lançada como buzz-single, mas deverá assumir os trabalhos oficiais de divulgação do “Rainbow”. Esta é a terceira música que Kesha consegue emplacar no topo do ranking “Dance Club Songs”. As outras foram “Your Love Is My Drug” e “Timber”, gravada com Pitbull.

NEW YORK, NY – DECEMBER 09: Kesha attends the Billboard Women in Music 2016 event on December 9, 2016 in New York City. (Photo by Nicholas Hunt/Getty Images for Billboard Magazine)

Publicações especializadas são unânimes: “DAMN” é o melhor disco lançado em 2017

O disco “DAMN”, de Kendrick Lamar, já era tido como uma obra prima de 2017 até mesmo antes do seu lançamento. No final do ano, as expectativas se confirmam. Após o site Pitchfork, e as revistas Q e Rolling Stone, agora a Billboard também elegeu o álbum como o melhor do ano.

A revista da principal parada musical do mundo ainda listou outros álbuns também apontados nos outros veículos entre os destaques do ano, como SZA e Lorde. P!nk, Taylor Swift e Calvin Harris também receberam destaque na publicação.

O que mais chama atenção nestas listas, no entanto, é que o álbum “÷”, de Ed Sheeran, que foi sucesso de vendas e teve diversos singles entre os mais tocados mundo afora, apareceu apenas na revista Billboard neste tipo de ranking, e ficou apenas na 260ª colocação.

 

 

Confira abaixo os 10 melhores álbuns de 2017 segundo a Billboard:

01 – Kendrick Lamar – “DAMN.”

02 – SZA – “Ctrl”

03 – Lorde – “Melodrama”

04 – JAY-Z “4:44”

05 – Khalid – “American Teen”

06 – Taylor Swift – “Reputation”

07 – Calvin Harris – “Funk Wav Bounces Vol. 1”

08 – Migos – “Culture”

09 – Sampha – “Process”

10 – Harry Styles – “Harry Styles”

Mulher do ano segundo a revista Billboard, Selena Gomez fala sobre carreira, amigos e Bieber

Selena Gomez, sem sombra de dúvidas, teve um 2017 muito marcante, e que vai se encerrando com uma congratulação daquelas: foi eleita pela Billboard a Mulher do Ano dos Estados Unidos. Ela concedeu entrevista especial para a revista, da qual é capa da edição mais recente, e não se fez de rogada para responder questões como o “impasse sentimental” recente.

Ao citar o rompimento com The Weeknd e o retorno com Justin Bieber, Sel garantiu que terminou o namoro, mas permanece melhor amiga de The Weeknd, e que Bieber é uma pessoa que impactou sua vida, o que ela aprecia. Dentre as pessoas que têm esse impacto, ela também citou Demi Lovato, Nick e Joe Jonas, e Miley Cyrus, citando estar feliz de vê-los onde estão atualmente.

Sobre o transplante de rim que fez por conta do lúpus, Selena Gomez revelou que não se sentia confortável com a cicatriz, mas que superou isso. Ainda citou uma terapia de reabilitação que fez com cavalos, que também a ajudou a aprender sobre aceitação às situações da vida. Sel confirmou que tem trabalhado em novas músicas, e brincou que o volume de novidades incomoda sua gravadora. Ela disse que gosta de como os últimos trabalhos foram lançados, e que todos fluíram naturalmente.

Ariana Grande lidera lista das turnês mais lucrativas de 2017, com faturamento de US$ 71 milhões

Marcada por um trágico ataque terrorista, a turnê “Dangerous Woman”, de Ariana Grande, tem também marcas positivas, principalmente as financeiras. Segundo a Billboard, a tour rendeu US$ 71 milhões em sete meses de apresentações, preenchidos por 75 shows que tiveram 875.000 ingressos vendidos.

Segundo os dados divulgados, Ariana liderou o ranking de lucratividade das turnês, seguida por Bruno Mars e Ed Sheeran, e com larga vantagem sobre Lady Gaga, que ficou apenas na oitava colocação. E, ao que tudo indica, a “Dangerous Woman Tour” pode seguir rendendo bons números, já que pode virar um DVD ou documentário.

Apesar dessa perspectiva, ao que tudo indica já existe um planejamento para um novo álbum de estúdio, o quarto da carreira da cantora. Segundo seu empresário, Scooter Braun, o disco deve ter sonoridade “mais madura” e valorizar os vocais potentes de Ariana. Pharrell Williams, produtor dela, disse que este novo material “é muito incrível”.

“Revival”, álbum que marca retorno de Eminem aos estúdios, sai em 15 de dezembro

Após grande suspense para o lançamento de “Walk On Water”, que tem participação especial de Beyoncé, o rapper Eminem trás boas novas aos fãs: o disco novo está prestes a sair. “Revival”, primeiro disco do americano em quatro anos, sai no dia 15 de dezembro.

Este será o nono álbum de estúdio de Eminem, e terá canções produzidas por grandes nomes como Rick Rubin, Skylar Grey e Dr. Dre. Este, inclusive, foi quem divulgou oficialmente a data. A publicidade de Revival tem seguido uma curiosa linha de abordagem, sendo divulgado como se fosse um medicamento.

Ainda não ouviu o mais recente single de Eminem? Confere aí:

https://www.youtube.com/watch?v=n1WpP7iowLc

Plano de internacionalização da carreira de Anitta ganha força após parceria com J Balvin

O plano de “dominação mundial” de Anitta está de vento em popa. O single “Downtown”, em parceria com J Balvin, já se aproxima da lista das 100 músicas mais tocadas no Spotify nos Estados Unidos, e a cada semana salta um grande número de posições. A faixa, inclusive, é mais ouvida do que as de artistas como Taylor Swift e Justin Bieber. Em entrevista recente, o colombiano J Balvin falou sobre a importância do trabalho de Anitta, que está levando a cultura brasileira para o mundo.

O cantor ainda fez uma curiosa comparação, afirmando que ela é “a nova Jennifer Lopez, mas com o rebolado da Shakira”. A parceria entre os dois, que já rendeu outra música anteriormente – um excelente remix de Ginza no início de 2016 – vai aumentar no início do ano que vem, quando Anitta participará de um novo single de J Balvin.

Toda este burburinho causado por “Downtown”, além do bom rendimento dos trabalhos internacionais anteriores, fez com que a artista brasileira entrasse na lista dos “artistas em ascensão” da Billboard. Este ranking avalia o desempenho dos cantores a cada semana nas listas mais influentes da própria Billboard, que é a principal parada musical do mundo.

Membros do One Direction podem superar Beatles em liderança de álbuns solos nos EUA

O One Direction igualou os Beatles. Pelo menos em um número. As duas bandas tiveram três de seus integrantes liderando o TOP 200, parada norte-americana de álbuns da Billboard. O feito foi atingido após “Flicker”, primeiro trabalho solo de Niall Horan, estrear no topo da lista. ZAYN e Harry Styles haviam conseguido isso anteriormente.

Até então, a única banda a ter esta marca era Os Beatles, graças a Paul McCartney, John Lennon e George Harrison. Ringo Starr quase conseguiu, ficando na segunda colocação em 1973. Com isso, fica aberta a possibilidade de o 1D ultrapassar o recorde, já que ainda serão lançados discos solo de Liam Payne e Louis Tomlinson.

Como banda o One Direction está em “hiato por tempo indeterminado” desde janeiro de 2016.

Nova música de Selena Gomez, em parceria com DJ Marshmello, estreia bombando em lojas virtuais

O novo som de Selena Gomez, em parceria com Marshmello, mal saiu do forno e já está com tudo. “Wolves” já emplacou a liderança do iTunes nos EUA e no Brasil, é líder de vendas em outros mais de 10 países, aparecendo ainda entre as 10 mais tocadas em 30 outras lojas do iTunes.

Lançado na última quarta-feira, o single tem grande desafio pela frente para superar as músicas já lançadas por Selena neste ano. Isso porque “It Ain’t Me” ficou entre as 10 primeiras colocadas da Billboard Hot 100 e recebeu certificado de platina nos EUA. Já “Bad Liar” ficou entre as 20 primeiras nos Estados Unidos e ganhou certificado de ouro, enquanto “Fetish” chegou no Top 30.

Ouça agora “Wolves”, novo sucesso de Selena Gomez: